• A menina alta

Todos queriam que Juliana crescesse. Comer para crescer. Dormir para crescer.

E Juliana cresceu. Aos cinco anos era maior que todas as crianças. Aos doze era muito, muito alta.
Era útil na cozinha. Sem levantar os pés, alcançava os pratos, potes e copos da mais alta prateleira.
Nunca mais ouviu que era bonita, magra e alegre. Odiou ser alta. Andava encurvada para não chamar a atenção.
Ouvia os cochichos: girafa, escada...
Só lhe restava chorar e se perguntar por que era tão alta. Tão cheia de tristeza, pôs em prática o ditado: "quem canta seus males espanta".
E gostou de sua voz, de seu jeito de cantar. Era tão novo e tão belo seu cantar que até os passarinhos a imitavam. Sentiu-se lisonjeada com tamanha homenagem. Cantou cada vez mais alto. Até que todos a ouviram e agora as pessoas só falam de sua voz bonita, de sua voz de anjo.

Editora: Mercuryo Jovem
Autor: Fabrício Carpinejar
Ilustradoesr: David Pintor
Faixa etária: infantojuvenil
Acabamento: Brochura
Formato: 20 x 30cm
Número de páginas: 32
ISBN: 978-85-67789-04-0

A menina alta

  • Editora: Mercuryo Jovem
  • Autor: Fabrício Carpinejar
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 41,00

Produtos relacionados

A menina e o elefante
A menina superdotada
O menino grisalho
O menino tímido

O menino tímido

R$ 42,00

Pisca-tudo

Pisca-tudo

R$ 31,00


 Formas de pagamento:

     

 contato@ciodaterralivraria.com.br 
  (19) 3433-1987
 Cnpj: 06.267.698/0001-92
 End. Av. 9 de Julho, 1229 - Piracicaba-SP